• Massapê - CE / Créditos: Patrícia Costa
  • Massapê - CE / Créditos: Patrícia Costa

  • Massapê - CE / Créditos: Patrícia Costa

  • Paisagens do Ceará / Créditos: Raquel Pessoa
  • Acarau-CE / Créditos: Silvana Farias
  • Cruz - CE / Créditos: Silvana Farias
  • Cruz - CE / Créditos: Silvana Farias
  • Pacatuba - CE / Créditos: Silvana Farias
  • Massapê - CE / Créditos: Patrícia Costa
  • Massapê - CE / Créditos: Patrícia Costa
  • Massapê - CE / Créditos: Patrícia Costa
  • Paisagens do Ceará / Créditos: Raquel Pessoa
  • Acarau-CE / Créditos: Silvana Farias
  • Caucaia - CE / Créditos: Silvana Farias
  • Cruz - CE / Créditos: Silvana Farias
  • Pacatuba - CE / Créditos: Silvana Farias

PPGCN                          

Programa de Pós-Graduação em Ciências Naturais

                                              

                                                  

Estrutura

>>> Infra-estrutura de Ensino e Pesquisa

 

1 - Infra-estrutura de Ensino e Pesquisa

Com posicionamento favorável ao desenvolvimento, esta proposta tem concepção na qual defende o crescimento econômico considerando os impactos ao ambiente natural e o esgotamento de recursos naturais, levando em conta a contemplação à natureza, aliado ao seu uso racional e manejo criterioso pela nossa espécie, executando um papel de gestor e parte integrante do processo.

Para tanto se busca o desenvolvimento sustentável, com redução do uso de matérias-primas, uso de energias renováveis, combate à fome, mudanças nos padrões de consumo, equidade social, respeito à biodiversidade e inclusão de políticas ambientais no processo de tomada de decisões econômicas são alguns de seus princípios. Inclusive, este propõe que se destinem áreas de preservação, por exemplo, em ecossistemas frágeis, com um grande número de espécies endêmicas e/ou em extinção, dentre outros.

Dessa forma, os integrantes do Mestrado Acadêmico em Recursos Naturais contarão com áreas-laboratórios específicas para estudos de monitoramento e aproveitamento de recursos naturais, tais áreas são:

1.1 - Unidade Experimental de Educação Ambiental e Ecologia

O Mestrado contará com a Unidade Experimental de Educação Ambiental e Ecologia, no Município de Pocotí, CE, da Universidade Estadual do Ceará, implantado como uma forma de estruturar e potencializar o espaço, a estrutura e e o potencial ali existentes como parte da política de expansão da Universidade no interior do estado. O município az parte do Maciço do Baturité, distante cerca de 120 km de Fortaleza, dentro de uma Área de Proteção Ambiental (APA), agregando cinco municípios no maciço e sete no entorno da srra; daí a importância para o desenvolvimento regional, pois a repercussão do trabalho do Campus se estende por toda a região. O Campus ocupa uma área de cinco hectares com 700 metros quadrados construídos. (20 dormitórios, cozinha, auditório, biblioteca etc.).

O Campus Experimental abriga atividades transdisciplinares, prioritariamente de formação e de extensão, educativas, culturais e de desenvolvimento humano, coerentes com os princípios e referenciais teóricos defendidos, levando em consideração o que pensam e o sentem as pessoas das comunidades.

O espaço educativo trabalha a partir das comunidades da região, buscando simultaneamente as esferas de desenvolvimento sustentável e humano, pressupondo-se uma nova concepção de educação e de relações sociais e de vida, compartilhando experiências inovadoras e trabalhos científicos no âmbito da eco-formação, da pesquisa ambiental, do desenvolvimento humano e da sustentabilidade, transformando num lócus permanente de descobertas e trocas de saberes, visando recomposição harmoniosa dos espaços florestais da região.

1.2 - Fazenda Guaiúba

A Fazenda Guaiúba - da Universidade Estadual do Ceará (UECE) - ocupa uma área de 300 hectares e está localizada na Região Metropolitana, no município de Guaiúba, a 26 km de Fortaleza; abriga um moderno Centro de Difusão de Biotecnologia Animal no Estado do Ceará. Esse Centro conta com alojamentos (masculino e feminino para alunos e para professores), refeitório, salas de aulas.

A estrutura da Fazenda Guaiúba conta com rebanhos bovinos, caprinos e ovinos. As novas instalações da fazenda permitem a criação de uma unidade com maior alcance social, viabilizando a capacitação e preparação de mão-de-obra rural, sem, contudo, deixar em plano inferior um programa de educação continuada para médicos veterinários, engenheiros agrônomos, zootecnistas, químicos, biólogos e técnicos agrícolas dos órgãos e empresas públicas e privadas. A Unidade possibilita treinar e capacitar à mão-de-obra rural de forma continuada, suprindo uma enorme lacuna existente no Manejo e Conservação de Pastagens, e Bem Estar Animal.

A fazenda conta com uma reserva onde se encontra grande variedade de espécies vegetais como Sabiá, Angico, Aroeira, Pau Branco, Pau D'arco e outros. Para preservar todo esse patrimônio foi instado um posto policial na Fazenda Guaiúba.

1.3 - Geopark Araripe

Situado no lado cearense da Bacia do Araripe, na região do Cariri, o GeoPark Araripe é grandioso. Estendendo-se numa área de mais de 3.500 km2, perpassa seis municípios caririenses, entre eles o famoso Crajubar (Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha) e é considerado um dos principais sítios do Período Cretáceo do planeta. É uma região especial, destacada pelos achados geológicos e paleontológicos, com registros entre 110 e 70 milhões de anos. A diversidade e o estado de conservação da riqueza encontrada são excepcionais. Uma libélula chegou a ser encontrada até com os vasos sanguíneos preservados. No Araripe está mais de um terço de todos os registros de pterossauros descritos no mundo, mais de 20 ordens diferentes de insetos e única notação da interação inseto-planta. Há similares destas mesmas espécies na África, indício de quando os continentes foram um só, na época do continente primaz Gondwanna.

A proposta pretende a preservação dos locais principais, transformados em sítios de visitação e pesquisa compondo uma rede de 9 parques ou Geotopes, com registros documentais considerados imprescindíveis à compreensão da origem, evolução e atual estrutura da Terra e da vida. Todos os nove Geotopes representam situações de grande significado científico para a compreensão da evolução da terra e da vida, que precisam sem preservados por serem únicos no planeta com as suas características. As rochas do Araripe Geopark também comprovam de forma convincente a ocorrência, já em épocas remotas da história da Terra, de diversas mudanças climáticas, com grandes modificações ambientais.

De maneira geral, o Araripe Geopark é uma janela única que nos possibilita o conhecimento de uma fase extremamente interessante da história da Terra e, juntamente com a biosfera como um todo, um excepcional parque natural internacional.

1.4 - Campo Experimental de Pacajus

O Campo Experimental de Pacajus (CEP) da Embrapa Agroindústria Tropical tem por finalidade possibilitar o desenvolvimento e execução de trabalhos de pesquisa com matérias-primas tropicais em temas estratégicos, como o melhoramento genético de plantas, fertilidade dos solos, fisiologia vegetal, nutrição de plantas, manejo e práticas culturais, fitopatologia, entomologia etc. Essa base física proporciona também a execução de atividades de treinamento (estágios, cursos) e difusão de tecnologias geradas pela área técnico-científica da Embrapa Agroindústria Tropical para atender a missão e aos objetivos estabelecidos. O Campo Experimental de Pacajus está localizado na cidade de Pacajus (CE), a 50 km de Fortaleza, em uma região de transição entre o litoral leste e o Semi.árido.

1.5 - Campo Experimental do Curu

O município de Paraipaba, localizado na região litorânea do Ceará, distante 90 km de Fortaleza, possui uma exuberância de aproximadamente 14 km de praia que se estendem a partir da foz do rio Curu até a barra, formado pelas tranqüilas águas da lagoa das Almécegas com a beleza sem igual das praias, dunas e lagoas existentes ao longo de toda costa. O município conta com uma população de 28.192 habitantes. As características do solo, relevo, clima e disponibilidade de recursos hídricos contribuíram para instalação do Perímetro Irrigado Curu-Paraipaba, com área de 12.000 hectares, onde 3.287 hectares correspondem a área irrigada. Diversas culturas exploradas, tais como: graviola, coco, cana-de-açúcar, acerola, e mamão. É neste cenário que está inserida a Embrapa Agroindústria Tropical, através do Campo Experimental do Curu.

O Campo Experimental do Curu está localizado no Setor D1, Zona Rural, Perímetro Irrigado do Curu. O campo se estende em uma faixa de terra desmembrada em duas partes, sendo a primeira denominada de áreas mortas II e III, medindo 203 hectares. A segunda, denominada Centro Técnico, mede 30 hectares.

1.6 - Horto de Plantas Medicinais da Universidade Estadual do Ceará

Com área de 1000 m2, o horto conta com um laboratório de 60 m2 para processamento inicial da plantas como secagem, preparação de extratos com solventes orgânicos, extração de óleos essenciais, bem como desenvolvimento de experimentos como preparação de silagem por sistema de fermentação. Além do laboratório existem 16 canteiros de 10 m2 com plantas medicinais selecionadas para pesquisa científica. Contém entre os aparelhos, freezer, geladeira, evaporador rotativo, banho-maria, balança, liquidificador industrial e moedor.

2. Infra-estrutura de Laboratórios

O Mestrado Acadêmico em Recursos Naturais conta com laboratórios de pesquisa na Universidade Estadual do Ceará e na Embrapa Agroindústria Tropica. A seguir são listados, os principais laboratórios com os respectivos equipamentos disponíveis:

2. 1. Laboratório de Química de Produtos Naturais

No Laboratório de Química de Produtos Naturais, são pesquisados materiais de origem vegetal. O processo se inicia com a triagem de bioatividade dos extratos brutos, seguindo-se o seu fracionamento até a identificação do(s) princípio(s) ativo(s). Muitas plantas produzem substâncias com propriedades farmacológicas, que podem ter atividade tóxica a outros organismos e, geralmente, são facilmente decompostas e eliminadas do meio ambiente. O Laboratório é composto por cinco salas: (a) instrumentação analítica (12m2), (b) bancada de trabalho para os pesquisadores e alunos (48m2), (c) sala de computadores (12m2), (d) sala quente (24m2), (e) salas para professores (24m2).

Editais

Portal do Egresso

Apoios

Calendário

October 2019
DSTQQSS
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031
-----
 

Universidade Estadual do Ceará - UECE
Av. Dr. Silas Munguba, 1700, Campus do Itaperi, Fortaleza-CE
CEP: 60.714.903 - Ver localização no mapa - Fone/Fax: (85) 3101-9766
Governo do Estado do Ceará.